Andrea Guelpa  |  Bailarina de flamenco e Coreógrafa

Direção - Andrea Guelpa

Triana a sua escola de flamenco, curso de dança flamenca, andrea guelpa, aulas em sp

Andrea Guelpa é bailarina, coreógrafa e professora de flamenco no Brasil.


Estudou flamenco na Espanha tendo como mestres grandes

nomes da dança flamenca, como: Merche Esmeralda, Rafaela Carrasco, Javier Latorre, Rocio Molina, Ciro, Pastora Galván, Mercedes Ruiz, Yolanda Heredia,

La China, La Tati, El Guito, Marcos Flores, Manuel Liñan, Olga Pericet,

Pilar Ogalla, El Pipa e Joaquin Grilo (Madri, Sevilha e Jerez). 


Viaja anualmente à Espanha para estudos de especialização e atualização

de sua técnica e arte.  Bailarina de formação clássica estudou

Ballet Clássico e Moderno no Cisne Negro e Ismael Guiser (Brasil).


Diretora da Triana Flamenca Cia. de Dança é bailarina de flamenco

convidada em trabalhos diferenciados atuando ao lado de nomes

como: Cisne Negro Cia. de Dança (Brasil), Alejandro Sanz (Espanha),

Ottmar Liebert (Alemanha) e Rafaela Carrasco (Espanha) na

ocasião da divulgação desses artistas no Brasil.


Como coreógrafa assina diversos trabalhos que conquistaram elogios da mídia

como "El Tablado Andaluz", "El Amor Brujo" - indicação melhor espetáculo musical prêmio Sharp/96 , "Sentir Flamenco", "La Forza Del Destino" do Theatro Municipal de São Paulo, "Baile Español" com cavalos Andaluzes,

o prêmio Grammy pelo vídeo clip de Chitãozinho & Xoróro e "Dom Quixote" no Theatro Municipal de São Paulo para a Cisne Negro Cia de Dança,

participando também como solista flamenca.


​Desde 93 coreografa para a Cia. Cisne Negro a dança espanhola de "O Quebra Nozes", atuando também como solista flamenca convidada, atuando junto a figuras de destaque do mundo do ballet como Ana Botafogo, Cecília Kerche, Daniela Severian (Brasil), Agnes Oaks (Inglaterra),  Silvina Perillo e Hernan Piquin (Argentina) tendo atuado em teatros como Teatro Alfa, Sala São Paulo, Teatro Sérgio Cardoso e Theatro Municipal de São Paulo.


Desenvolve coreografias específicas para empresas como o lançamento do perfume Christian Lacroix Rouge para Avon,  o cristal Antonio/coleção Magic of Dance para a Swarovski, entre outras como L´Oreal, Unibanco, Itaú, Shering Williams, Sesc São Paulo, Banco Real, Pfizer 

andrea-guelpa-triana-flamenca-sp-aulas-de-flamenco-coreografa-bailarina

Como professora tem seus cursos regulares em São Paulo no TRIANA FLAMENCA com aulas de flamenco para todos os níveis e idades.

Paralelamente é convidada como professora e jurada nos grandes festivais de dança no país como Festival de Joinville e Passo de Arte.

 

 

 

Formada em publicidade pela ESPM investe intensivamente no desenvolvimento

do flamenco no Brasil criando e produzindo projetos como:

 

  • Workshop Flamenco Internacional - cursos com grandes nomes do flamenco espanhol - Rafaela Carrasco, Marco Flores, Olga Pericet, Manuel Liñán, Pilar Ogalla e Mercedes Ruiz entre outros - para profissionais e alunos de flamenco,  realizados em diversas cidades do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Santos, Campinas, Porto Alegre, Brasília e Salvador.

  • Master Class de SARA BARAS no Theatro Municipal de São Paulo: 

oferecido gratuítamente a 150 profissionais e alunos avançados do flamenco de são paulo.

 

  • Master Class de ANTONIO CANALES no Teatro Municipal de São Paulo:

 oferecido gratuítamente a 100 profissionais e alunos avançados do flamenco de são paulo.​​​​​​​

​​​​​​​

  • Master Class de EVA YERBABUENA no Teatro Alfa: 

oferecido gratuítamente a 100 profissionais e alunos de nível avançado do flamenco de são paulo.​​​​​​​

 

  • Master Class de EVA YERBABUENA no Teatro Alfa: 

oferecido gratuítamente a 25 profissionais do flamenco de são paulo.

 

 

“O trabalho dirigido por Andrea Guelpa, é muito bem organizado, pesquisado e muito fiel a tudo o que diz respeito ao riquíssimo mundo do cante jondo. Andrea Guelpa sabe dançar o flamenco, sabe colocar as cores e a dramaticidade andaluzas em cena e, felizmente, não faz concessões dentro deste tema." Suzana Braga


“Bela performance das bailarinas de Guelpa, ela mesma uma bailaora em cena. Boa construção espacial, figurino bem pensado, que desnuda os corpos de vestes mais conotadamente andaluzas, transformando-se as bailarinas em mulheres-centauras.” Cassia Navas


“O solo da bailarina Andrea Guelpa é, sem dúvida, o ponto mais alto da peça. A artista tem um trabalho de mãos magnífico, além de, com a força de sua presença em cena, ser capaz de estabelecer um vínculo bem intenso com os espectadores." Marcello Castilho Avelar

 “Em Amor Bruxo a música é o que acompanha à altura a dança de bailarinas como Andrea Guelpa.” Nelson de Sá - Folha de São Paulo